Buscar
  • Abraça Infância

A importância do brincar na primeira infância - Por Karina Regado


O brincar é fundamental na vida da criança, principalmente no período da primeira infância (0 a 6 Anos). Durante a gestação, o bebê cresce, desenvolve e aprende desde antes do seu nascimento. É muito importante estimular o bebê que está em formação, podendo fazer carinho, massagem, cantar, conversar, contar histórias e fazer exercícios.


Alguns movimentos dão a impressão de que o bebê também gosta de brincar desde cedo. “Ele mexe e até mesmo morde o cordão umbilical (não a ponto de prejudicar a circulação sanguínea), segura os pés, as mãos e para aqueles que compartilham o espaço com outro bebê, até tocam o irmão gêmeo”, resume o médico Dr. Mario Burlacchini.


Para a criança o brincar é diversão, encantamento e experimentação do mundo, porém enquanto está brincando, recebe vários estímulos para o desenvolvimento de suas capacidades cognitivas, motoras, emocionais, afetivas, sociais e culturais. No momento que a criança está brincando, jogando e criando novas brincadeiras são ativadas algumas funções cerebrais, fazendo com que aquela região que recebeu o estimulo fique mais desenvolvida.


Quando a brincadeira tem uma vivência significante, torna-se marcante como experiência presente e futura na vida da criança. Além do brincar, todo esse aprendizado prepara a criança para o futuro, quando terá de enfrentar desafios em sua vida adulta.


A ludicidade sendo proporcionada pelo jogo, brincadeira e o brinquedo são elementos essenciais no período da infância. Os momentos de brincar podem incluir o faz de conta, fantasia, música, contação de história, jogos, brinquedos estruturados e não estruturados.


É através do brincar que a criança:


  • Desenvolve a linguagem e aumenta o repertório de palavras;

  • Expressa seus sentimentos e desejos;

  • Melhora a coordenação motora fina e global;

  • Fortalece os músculos e ossos;

  • Aprende o autoconhecimento do próprio corpo;

  • Descobre regras e limites;

  • Adquire autonomia e responsabilidade;

  • Desperta sua imaginação estimulando a criatividade;

  • Aprimora a atenção e o foco nos objetivos;

  • Estimula o raciocínio;

  • Aprende a se socializar e a respeitar ao próximo.


A participação dos pais no momento do brincar é essencial, principalmente por eles serem referência na vida da criança. Os pequenos (as) aprendem muito por observação e imitação. Além do brincar com os pais a interação com outras crianças é de extrema importância para elas aprenderem a compartilhar e se socializar.


Também são importantes os momentos lúdicos para as crianças por todo o período da primeira infância. Em cada fase, a criança desenvolve, evolui novas habilidades e interesses. Utilizar a brincadeira como uma estratégia é aproveitar essa motivação própria das crianças para tornar a aprendizagem mais envolvente.


E vocês? Estão proporcionando espaços e atividades para o brincar?

(Fonte: https://siteantigo.portaleducacao.com.br/conteudo/artigos/pedagogia/a-importancia-do-brincar-na-psicopedagogia/58843).


Karina Regado - Pedagoga colaboradora do @abracainfancia.


10 visualizações

©2018 by Abraça Infância. Proudly created with Wix.com