Buscar
  • Abraça Infância

PAIS DE PRIMEIRA VIAGEM - Como lidar com a nova dinâmica familiar? POR Camila Siqueira (psicóloga).

Tornar-se mãe e pai é um momento de muita felicidade, mas também de muitas mudanças na dinâmica familiar. Uma relação que era inicialmente entre duas pessoas, passa a abarcar um serzinho que foi possivelmente muito esperado, entretanto, os pais não sabem nada sobre esse novo integrante tão especial e nem o bebê sobre seus  pais, que serão seus cuidadores e principal fonte de afeto.


É através dos pais que o bebê vai se reconhecer como um indivíduo, descobrindo a si mesmo e ao mundo. Sendo assim, o casal tem que conciliar suas vidas com este novo importantíssimo papel. Isso exige muitas mudanças  emocionais e práticas. Se adaptar à nova rotina com uma demanda desconhecida não é nada fácil, na maioria das vezes. 

O casal precisa deixar um pouco de lado muito de suas  atividades e hábitos, para atender às necessidades do filho. Essa nova dinâmica é muito recompensadora, traz muitos momentos de alegria, felicidade, satisfações  e maravilhosas descobertas, mas também é frequentemente muito cansativa, desgastante e por vezes, até frustrante.


Com todas essas mudanças na vida de cada um, o casal muitas vezes, passa por momentos de estresse. Nessa fase  é  interessante buscar conversarem e se apoiarem, para  juntos, encontrarem alternativas para tentarem tornar esse período mais leve e prazeiroso. Entretendo, conseguir essa parceria nesse período de Adaptação X Cansaço X Felicidade, sabemos que não é fácil para muitos casais, mas ir de encontro a essa abertura para poderem expor  as angústias, medos e expectativas de cada um, pode gerar maior compreensão e colaboração, o que os fortalecerá não somente como pais, mas  como casal.


Caso se sintam à vontade proponho que deixem nos comentários um pouco da experiência de vocês. Isso abre espaço para trocas de experiências, o que pode ser muito válido para muitas pessoas que estão exatamente neste momento.

.

Diga-nos como você e seu parceiro estão se adaptando ao novo papel? Vocês dividem as tarefas ligadas ao bebê? Conversam sobre as felicidades e angústias ligadas a esta nova fase?

.

Texto:  Camila Siqueira @camipsic - Psicóloga do time multidisciplinar do @abracainfancia.


6 visualizações

©2018 by Abraça Infância. Proudly created with Wix.com